Em excesso, os radicais livres destroem células, aceleram o envelhecimento delas, favorecem o aparecimento do câncer, entre outros. Apesar de alguns antioxidantes serem produzidos pelo próprio organismo, outros devem ser obtidos a partir dos alimentos. Veja cinco frutas que se destacam por conferirem essa ação.

Acerola
acerolaA presença da vitamina C é destaque nesta fruta, com 1.677 mg a cada 100 g. Em comparação, nas laranjas a quantidade é de 53 mg para a mesma proporção.

 

 

 
Goiaba vermelha
goiabaRica em vitamina C e licopeno, uma substância antioxidante que também confere sua cor avermelhada, assim como no caso dos tomates.

 

 
 
Ameixa
ameixa-secaTanto frescas como secas, elas são ricas em fenóis como o ácido neoclorogênico e cloro gênico, duas substâncias com grande poder antioxidante.

 

 
 
Amora
amoraSeu poder antioxidante deve-se
à combinação de vitamina C, vitamina E e antocianina, um pigmento vegetal que age contra os radicais livres.

 

 

 
Melão-cantaloupe
melao-cantaloupeEle é rico em caroteno, uma substância antioxidante com ação anticancerígena.

 

 

 

Dica
Para aproveitar ainda mais os benefícios antioxidantes das frutas, é importante auxiliar o organismo a minimizar a formação de radicais livres. Ter uma alimentação balanceada, manter o corpo hidratado, praticar exercícios e evitar o consumo de produtos industrializados são alguns passos essenciais para isso.

Fontes: Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) e Índice ORAC (Oxygen Radical Absorbance Capacity).

 

Esse trecho foi retirado da Revista dos Vegetarianos, seção Ranking Veg, edição 111.