Shutterstock

Lançada pela Veganuary, a campanha #SalvemosAsGalinhas tem como objetivo mostra as condições brutais em que essas aves vivem na indústria e incentivar as pessoas a seguirem uma alimentação baseada em vegetais. A iniciativa, que vai até o dia 10 de abril, já conta com o apoio de diversas personalidades e de empresas comprometidas com a proteção de galinhas e frangos.

Durante a vigência da campanha, a Veganuary também disponibilizará ao público uma série de receitas, todas alternativas simples e acessíveis para substituir o frango e recomendações sobre como reduzir e eliminar a carne de frango e ovos da alimentação.

Muitas pessoas que seguem uma dieta onívora tendem a consumir mais frango em comparação com outras carnes, uma tendência que se aplica a todas as regiões do País. No Brasil, cada pessoa consome ao ano, em média, 43 kg de frango, de acordo com a Embrapa.

Um consumo em larga escala que só é possível com a exploração de milhões de frangos e galinhas na agroindústria em todo o mundo. Segundo dados do FAS – Foreign Agriculture Service – dos Estados Unidos, esse número pode chegar a 53 bilhões de galinhas abatidas. Esse número deixa de fora os machos, que são descartados logo após o nascimento e as galinhas que deixam de botar ovos.

Dentro desses complexos industriais, as galinhas vivem em condições deploráveis, muitas vezes, dentro de um espaço que não excede 25×25 cm para cada ave, onde há pouca ou nenhuma luz solar, e o estresse e a superlotação as tornam vulneráveis ​​a muitas doenças, obrigando os produtores a administrar grandes quantidades de antibióticos. Ainda assim, isso não impede que a expectativa de vida destes animais seja reduzida para cerca de 40 dias, quando na natureza é de vários anos.

Várias figuras da cena latinoamericana aderiram a esta iniciativa, posando em suas plataformas de mídia social com cartazes que buscam conscientizar as pessoas sobre a verdadeira natureza das galinhas, animais sociais e capazes de viver uma vida plena longe da exploração da indústria. No Brasil, as celebridades participantes incluíram Lucélia Santos, Natália Rosa, Emiliano D´ávila e Luisa Mell.

Estas ações fazem parte da missão da Veganuary em facilitar que as pessoas possam experimentar uma alimentação vegana. Veja mais em: veganuary.com/pt-br/