Um antigo matadouro de animais no estado americano do Detroit está a venda e o PETA (People for the Ethical Treatment of Animals)  tem um projeto para o lugar. A ONG deseja adquirir ferramentas e instrumentos, assim como um dos antigos caminhões da empresa Cornbelt Beff, antiga dona do matadouro. O objetivo é usar esses materiais para criar um museu móvel.

Segundo o PETA, a perspectiva é que sejam encontrados instrumentos como pistolas usadas para abater as vacas, utensílios usados para arrastar os animais, cabines usadas para confiná-los e serras. Além disso é provável que haja tanques para armazenamento de sangue, maquinas hidráulicas de remoção de pele, aguilhões elétricos e ganchos afiados para carne.

Com a abertura do museu a ONG espera abrir os olhos das pessoas, para que elas parem de enxergar a carne que comem como apenas uma bife e passem a pensar nos animais vivos e seu sofrimento.