Graças a essas celebridades, questões como direito dos animais, sustentabilidade e saúde viram notícia e ajudam muitas pessoas a repensarem seus hábitos de vida.

Confira uma lista com 5 artistas veganos engajados que disseminam o veganismo como um estilo de vida sem crueldade:

5º lugar: Peter Dinklage (da aclamada série Game of Thrones)
Peter-Dinklage veg 106
Ele aproveita sua fama para dar visibilidade à causa animal. É embaixador da Cruelty-Free International, uma campanha que luta para acabar com os testes em animais. Também já participou de algumas ações da PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) para incentivar o veganismo.

 
 
 

4º lugar: Alicia Silverstone (de As patricinhas de Beverly Hills)
Alicia-Silverstone-veg-106
Escreveu o livro The Kind Diet – Um Guia de Alimentação Vegetariana. Devido ao sucesso, a publicação ganhou o site www.thekindlife.com em que Alicia aproveita para aprofundar o assunto. No site ela também publica novidades e receitas do mundo vegano.

 

3º lugar: Mayim Bialik (do seriado The Big Bang Theory)
Mayim-Bialik-veg-106
É autora do livro de culinária A Mesa Vegana de Mayim, que tem mais de 100 receitas sem nenhum ingrediente de origem animal. Ela também já fez vídeos para a PETA nos quais falou sobre os motivos que a levaram a se tornar vegana. Em suas redes sociais, ela se mostra muito atuante ao utilizar o espaço digital para falar de sua alimentação e estilo de vida.

 

2º lugar: Natalie Portman (trabalhou no filme Cisne Negro)
Natalie-Portman-veg-106
Usando sua fama em prol do direito dos animais, a atriz viajou até Ruanda para filmar e coapresentar o documentário Salvando uma Espécie: Gorilas à Margem. Em 2008, ela lançou uma linha de sapatos veganos em parceria com a marca americana Té Casan e doou 100% dos lucros para organizações dedicadas à preservação animal.

 
1º lugar: Joaquin Phoenix (atuou no filme Gladiador)
Joaquin-Phoenix-veg-106
Narrou o famoso documentário Terráqueos (Earthlings – 2005). Atualmente é membro e ativista da organização PETA.

 

 

 

Esse trecho foi retirado da Revista dos Vegetarianos, seção Ranking Veg, edição 106.